Viver é não esperar a tempestade passar… É aprender a dançar na chuva.


Esta citação anônima, que alguns atribuem a Vivian Greene é sobre viver plenamente a vida, sem delongas, sem essa de ficar esperando a hora certa para começar. Muitas pessoas esperam pelo momento certo, antes de dar o primeiro passo, mesmo sabendo que não há um indicador de ‘o momento’.


A citação começa por dizer o que a vida não é. Ela não é previsível. Não é sobre a espera. Não se trata de evitar a tempestade. Não há controle sobre isso. E definitivamente não é sobre esperar a tempestade passar, a vida é uma travessia, com dias amenos, outros nem tanto e alguns com tormentas.


Esperando ou não, o tempo cronológico irá prosseguir. O que é feito enquanto esperamos? Com o tic tac do relógio qual história teremos para contar? A vida é sobre aprender a dançar na chuva. Trata-se de aprender a viver, e ainda desfrutar das tempestades inevitáveis. Cantar ou dançar, desfrutar do que a vida oferece naquele momento, se necessário se recolocar.


Todos iremos enfrentar tempestades em nossas vidas. Determinar como vamos responder a estas perturbações é o diferencial. Será que vamos nos esconder, nos proteger, ou vamos continuar, desfrutando até mesmo dos momentos turbulentos? A escolha é nossa. Há várias formas de fazer a mesma coisa, e nesse sentido temos escolha.


Postergando simplesmente não acontecerá nada, estaremos realmente à deriva. Outro problema com a espera é que pode ser mais difícil agregar aprendizado quando não se está fazendo nada. Nem sempre o ócio é criativo, por isso a necessidade do enfrentamento, para que acumulemos experiência.


A expressão dançar remete ao gostar, encarar, ir para a pista da vida. Ao realizar algo, que façamos com prazer, mesmo que não seja exatamente o almejado, mas ao se propor, que haja esmero. Pode não ser o melhor momento, ou o clima perfeito, ainda assim temos que fazer, então vamos procurar nos divertir enquanto estamos fazendo isso, certo?


Todos passamos por mau tempo. Às vezes a gente senta para esperar a tempestade passar, e que tal aproveitar o momento para realizar um balanço. Existem tempestades na vida familiar? Há tempestades entre amigos? Existem tempestades no trabalho, entre os colegas de trabalho, ou mesmo entre empresa e clientes? E os grupos sociais, existem tempestades por lá?


O mau tempo pode surgir rapidamente de qualquer direção, não pode? Quantas dessas tempestades estamos escondendo, e quantas delas somos os causadores? Que tal aprender a dançar na chuva e encarar os desafios? E então usufruir da a oportunidade de ver se somos bons o suficiente para fazer acontecer, apesar do tempo.





Texto retirado do site: eueapsicologia.com.br

#vida #tempo #escolhas #desafios #aprender #enfrentar

Destaque
Textos recentes
Arquivo
Filtrar por #hashtags
Nenhum tag.
Siga-me
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon